quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Voluntárias alfabetizam adultos no Paraná

Bom dia! Lendo o G1 do www.globo.com, encontrei esta notícia que está totalmente relacionada ao post no qual falei sobre alfabetização (clique aqui para ler novamente). Meu estado parece que está destacando na área e o seu?

"Cerca de 45 mil paranaenses voltaram a estudar depois de adultos. Na cidade de Guarapuava (PR), um grupo de mulheres é responsável por parte destes alunos que estão sendo alfabetizados.

Roseli da França tem dois turnos. De dia é servente em uma escola. À noite, troca o descanso com a família, pelo desafio de ensinar adultos a ler e escrever. “Eu não tive também a oportunidade de estudar no tempo certo. Pensando na minha experiência de vida, eu quis fazer isso. Por sinal, estou gostando bastante”, afirma a alfabetizadora.

Zenilda Araújo também é alfabetizadora. Mora em um assentamento na área rural de Guarapuava. Foi de porta em porta convencendo os vizinhos a estudar e hoje ensina o bê-á-bá para 14 alunos. “Muito gratificante quando você vê que eles estão conseguindo juntar uma sílaba a outra e formar uma palavra. Eu acho que cada um de nós tem muito a ensinar”, diz Zenilda .

A falta de escola por perto não foi motivo para impedir o acesso ao conhecimento. A professora abriu as portas da própria casa para ensinar o que os alunos passaram a vida esperando aprender. O esforço é grande, mas para quem não sabia ler o próprio nome, significa muito.

Um dos alunos, Dinarte de Oliveira, conta com o apoio da filha, de 13 anos. “Eles, que são mais jovens, veem tudo na frente. Eu já tenho 51 anos, mas, estudamos um pouco” , revela.

Maria Morgado, do núcleo regional de educação, ressalta os benefícios do trabalho dessas mulheres. “Tem vários exemplos de pessoas que até já conseguiram tirar a carteira de motorista. Faz uma diferença muito grande na vida das pessoas o trabalho desses voluntários”, afirma."

Nenhum comentário:

Postar um comentário