terça-feira, 7 de julho de 2009

Profissão: revisor(a) de textos

Algumas pessoas têm me perguntando sobre revisão de textos. Qual a formação, se precisa de um curso específico, o que fazer... Várias são as dúvidas.

Quando comecei a revisar, em 2005, nunca havia feito isso na vida. Entrei como estagiária do curso de Letras e tive a sorte de poder ocntar com a compreensão e paciência de meus colegas. Alguns revisores são jornalistas. Minha opinião: isso não é bom. A lingaugem jornalística é bem diferente da linguagem que deve ser utilizada em livros didáticos, por exemplo, ou até mesmo em livros de história ou revistas, como foi o meu caso.

Para ser um bom revisor, primeiramente, é importante ter ou estar cursando o curso de Letras. Indispensável a leitura constante de bons livros. É impressionante como ainda assim existem centenas de alunos deste curso que possuem um Português, desculpem a sinceridade, terrível. São erros hediondos que não há como relevar.

Enfim, leia, leia muito! Principalmente livros, pois jornais e revistas, que muitas vezes têm circulação diária, não possuem revisão, assim, aparecerão alguns erros de Português, o que não é bom para um revisor iniciante que precisa se basear em um material de qualidade para aperfeiçoar-se.

Outra dica importante é ter um dicionário sempre ao lado, bem como o número do telegramática - o daqui de Curitiba é 3218 2425. Eu gostaria muito de ter também o VOLP, Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, pois já está com todas as palavras na nova regra, o que ajuda muito! Tenha também um manual a ser padrões, como o da Folha de S. Paulo, referência para muitos materiais. Ele te ajudará a saber quando usar caixa alta (letra maiúscula), itálico, ponto - sim, até para isso às vezes é necessário padronizar!

E a prática. Esta é mais uma dica de revisão. Passei mais de 8 horas diárias com os olhos ocupados em textos, lendo e relendo, revisando além dos erros ortográficos, coesão, coerência, e estrutura da frase. Sim, revisão não é só "escrever palavras certas", mas, sim, colocá-las de forma agradável à leitura. Alguns textos chegam a ter 5 revisões - confesso que tinham alguns colaboradores que me faziam praticar reecrever seus textos, pois eram quase "ilegíveis", mas isso me ajudou muito também.

Revise de preferência na folha impressa. Eu sei, gasta papel, mas durantes alguns meses este exercício é essencial. Depois, com a prática você pode passar a revisar direto no computador.

Essas são as dicas básicas. Vou abordar mais sobre este tema, como o mercado de trabalho, materias e suas diversas revisões, valores, etc. O primeiro texto deste blog foi sobre revisão, dividido em 3 partes: Parte 1, Parte 2 e Final.

Para quem precisar, também faço revisão de vários materiais, desde monografias a textos publicitários, basta me enviar um e-mail para combinarmos valores e prazo de entrega ok: priconte.az@gmail.com

É isso. Falamos mais sobre este tema?

Até e bom dia.

12 comentários:

  1. Oi, Priscila.
    Meu nome é Marcia e sou revisora de textos há mais de 1 ano. Antes de trabalhar na área, lecionei língua portuguesa em escolas públicas e também na minha residência, o que me ajudou e muito no meu aperfeiçoamento profissional: fiquei "fera" na língua. Também aconselho para aqueles que queiram ser revisores de texto para que dão aula de português, principalmente particular, para o aperfeiçoamento das regras gramaticais, que será imprescindível na profissão.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila,

    Meu nome é Paula e já trabalhei como revisora de um pequeno jornal em minha cidade, gostei muito do seu texto, dá boas dicas e é bem esclarecedor, hoje leciono Língua portuguesa em escola pública,mas se aparececer outra oportunidade pra trabalhar como revisora vou gostar muito.O que você diz é muito certo leitura, leitura e leitura, porque bom revisor e escritor é antes de tudo um bom leitor! Obrigada, um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila.
    Eu estudo Letras e estou no último ano.
    No meu trabalho desenvolvo material didático para treinamento, faço revisão de alguns materiais, desenvolvo documentação em geral.
    O que eu gostari de saber é se com essa experiência eu conseguiria atuar como revisora e, se não for pedir demais, você poderia me dizer se é necessário algum curso do tipo InDesign ou similares.

    Muito obrigada.
    Forte abraço.
    Fran

    ResponderExcluir
  4. Sou formado em jornalismo e trabalho com revisão de texto desde 1983. Não entendi "o isso não é bom.

    ResponderExcluir
  5. Sou jornalista e trabalho como revisora de textos desde 1998. Não vejo motivos para que minha formação seja impedimento para atuar como revisora como você sugeriu em seu texto. A língua é a mesma e é bem simples diferenciar os padrões jornalísticos de padrões literários. Acredito que, antes de ser tão crítica com a profissão alheia, deverias revisar melhor teus próprios textos , pois li apenas os primeiros parágrafos desta postagem e encontrei vários erros de digitação.

    ResponderExcluir
  6. Sobre o comentário acima, sou pós-graduanda formada em Letras, e trabalho com revisão de textos acadêmicos. Entendo que o ela disse não se trata de restrição, mas sim na questão da prática constante no curso da gramática e habilidades de prática e escrita que a graduação de Letras oferece. No curso existem matéricas específicas somente para este intuito, o fato dela ter dito isto, apenas significa que as pessoas formadas nesta área terão mais facilidade na questão da revisão por já estão intimamente ligadas à Língua Portuguesa, histórica, cultural e gramaticalmente falando. Enfim não sejamos tão críticos a ponto de desconsiderar os motivos que estão por trás das palavras que apenas se vê, isto é interpretação superficial. Finalizar apontando os erros dos outros sem argumento embasado é, além de fácil, infantil.

    ResponderExcluir
  7. Olá,boa tarde!Só uma curiosidade,quem não é formado em Letras,mas tem prática com revisão,pode fazer um curso de revisor?

    ResponderExcluir
  8. ola pricila acabei de escrever meu primeiro voce corrige em fim deixa pronto para publicacao daniela

    ResponderExcluir
  9. Olá, Priscila.

    Sou formada em Letras, também sou revisora textual nas horas vagas e principalmente amante da leitura.
    Não vejo que a revisão de textos seja uma área restrita aos graduados em Letras, mas sim ao amante da língua e de leituras.
    Revisar não se limita a garimpar erros de escrita ou adequar às regras gramaticais. O revisor precisa saber usar a linguagem de forma adequada, deve ter profundo conhecimento linguístico, ademais deve ser um exímio leitor, manter-se atualizado e em interação com o mundo da comunicação.
    À propósito, seu texto precisa de um revisor textual.

    ResponderExcluir
  10. Tenho contos curtos que precisam de revisão, como faço para contratar seus serviços(te.bravo@yahoo.com.br)?

    ResponderExcluir
  11. Revisa o teu texto, há letras trocadas.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Priscila!


    Não sou formada em Letras, tenho outras formações... mas, tenho verdadeira paixão por leitura, escrita, livros... Revisei dois livros... Não cobrei nada. Fiz o trabalho pelo prazer de fazê-lo!
    Diante da situação em que vivemos: quem sabe dá para ganhar um dinheirinho extra e, fazendo o que eu gosto!
    Estou pensando em trabalhar como revisora textual.
    Hoje é a primeira vez que estou pensando nisto. Vou procurar me inteirar quanto ao assunto e, agradeço sua ajuda.


    Um grande abraço.
    Atenciosamente.
    Maria Celeste.

    ResponderExcluir