segunda-feira, 4 de maio de 2009

Não roubarás

Bom dia!

Não consegui ainda recortar os trechos dos DVDs que prometi, mas vou fazê-lo assim que possível ok pessoal?

Ontem, ao deitar, só o que vinha a minha cabeça era essa passagem tão bonita, que eu já havia colocado no meu perfil do orkut algum tempo atrás:

"Existe apenas um pecado, um só. E esse pecado é roubar. Qualquer outro é simplesmente uma variação do roubo. Quando você mata um homem, está roubando uma vida — disse baba.
— Está roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai.
Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está
roubando o direito à justiça.

— Não há ato mais infame do que roubar, Amir — prosseguiu ele. — Um homem que se apropria do que não é seu, seja uma vida ou uma fatia de naan... Cuspo nesse homem..."

Do livro O Caçador de Pipas.

*Esclerecendo... Naan = pão

Quem puder ler este livro, por favor o faça. É forte e incrível ao mesmo tempo. Para indicar a alunos, eu sugiro que estes sejam de ensino médio - como falei, ele é forte, principalmente em determinado momento do livro, o que exige um discernimento maior por parte do leitor. Mas vale muuuito a pena! O filme é um dos poucos que você, quando acaba de assistir, pode dizer: "É igualzinho ao que eu imaginava quando lia!" Não deixa nada a desejar.

Essa é a dica para começar a semana, talvez até utilizando este trecho para se fazer uma reflexão com seus alunos sobre valores, que tal?

Até amanhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário