quarta-feira, 8 de abril de 2009

Síndrome de Burnout

Gente! Desculpe a demora, mas estava impossibilitada de postar hehe Agora vai! Também postei um texto que entrou no mês de fevereiro no arquivo, sobre a origem de algumas palavras...

O nome esquisito é uma doença que vem acometendo cada dia mais pessoas. Como o estresse e a depressão, essa enfermidade é considerada um mal dos tempos modernos. O mercado de trabalho é exigente demais. Somado a isso existe, para aqueles que trabalham com o público, a necessidade de estar sempre bem para resolver os problemas dos outros. Médicos, terapeutas, socorristas, enfermeiros e professores estão na linha de frente dos afetados pela síndrome, que chega sorrateiramente e pode levar à morte. Para notar a existência da doença, é preciso prestar atenção aos sintomas:

Físicos:

- Fadiga crônica.
- Insônia.
- Dores de cabeça.
- Dores musculares.
- Transtornos gastrintestinais.
- Falta de energia.
- Dificuldades de concentração

Mentais:

- Frieza afetiva.
- Irritabilidade.
- Auto-avaliação negativa.
- Pessimismo.
- Indecisão.
- Alterações de tensão.
- Sentimento de frustração.

Comportamentais:

- Desinteresse pelo aprendizado dos alunos.
- Desejo de abandonar o emprego.
- Aumento de ausências.
- Abuso de remédios, álcool ou drogas.
- Violência.
- Comportamentos autodestrutivos.
- Tentativas de suicídio.

Este meu texto faz parte do booklet Administração Escolar, um dos livros da coleção Biblioteca do Professor, publicado pela Humana Editorial. Não me lembro bem, mas acho que este também é uma adaptação de uma matéria publicada na revista Profissão Mestre.

Até

Nenhum comentário:

Postar um comentário