quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Mais uma do Rubem

"O meu mundo tinha coisas demais.

E eu queria experimentar todas. Daí a minha agitação. Sentia-me como uma borboleta, num jardim... [...] Se fosse hoje, acho que me levariam a um psicólogo que diagnosticaria hiperativismo, Mas... que podia eu fazer? Eu não era hiperativo.

O mundo é que era hiperinteressante"

Um comentário:

  1. Oi irmã!!!
    Realmente é para pessoas mais cultas este blog....mas gostei do texto =)
    Te amo
    beijO

    ResponderExcluir