quarta-feira, 12 de março de 2008

Erros e acertos – pratique! FINAL

"E se lhe pedirem um texto contando sobre sua experiência na área educacional ou especialização, ou sobre sua escola, os eventos que acontecem nela... Existem várias possibilidades de que isso ocorra. Então, esteja mais preparado ainda. Procure saber quem lerá seu texto, ou seja, para que tipo de público você vai escrever. Pode parecer bobagem em um primeiro momento, mas isso é importantíssimo. Atenda aos mais diversos públicos, pensando em fazer-se entender desde o mais leigo dos leitores, que desconhece o assunto sobre o qual você está escrevendo, até a pessoa que talvez saiba um pouco mais.

Um passo-a-passo que pode ajudar:

  • Procure saber para que tipo de público você vai escrever.
  • Se for para uma área que você ainda não tenha entrado em contato, como releases, revistas direcionadas e publicidade, busque o tipo de linguagem que deve ser utilizada (sim, a linguagem muda de acordo com o veículo).
  • Feito isso, faça uma lista contendo o tema que deve ser abordado e o que você deseja falar sobre ele. Esse será seu roteiro; procure segui-lo.
  • Comece seu texto, sempre “colando” do roteiro para não esquecer nenhum ponto relevante e nem fugir ao tema.
  • Acabou o texto? Certo, então agora é o momento de fazer a leitura. Procure um ambiente calmo, silencioso, para que você possa se concentrar. Preste atenção primeiro no conteúdo, se ele está de acordo com seu roteiro. Depois, na segunda leitura (sim, escrever bem dá trabalho!), verifique as pausas – vírgula, ponto-e-vírgula, exclamação –, a ortografia correta das palavras, coesão. Enfim, toda a parte gramatical.
  • Passe as correções para o texto original. Está na hora da última leitura.
Tudo certo? Sem erros, sem fugir do tema, com o tipo de linguagem correta? Agora, então, é só entregá-lo. Até você se acostumar com esse trabalho, alguns erros ainda podem aparecer. Entretanto, se conseguir seguir o passo-a-passo sempre que for escrever, em até três meses seus textos chegarão a um nível de qualidade muito bom.

Não esqueça: um bom texto é uma questão de prática. Não deixe de escrever se surgirem algumas críticas no começo. Faça delas um estímulo para melhorar sempre."

Amanhã, texto sobre a nova geração de professores.

Até

Nenhum comentário:

Postar um comentário